Ivan Hunga Garcia – ModaLisboa
33545
portfolio-item-template-default,single,single-portfolio-item,postid-33545,theme-audrey,eltd-core-1.1.1,woocommerce-no-js,et_monarch,designers,portfolio-item-ivan-hunga-garcia,modalisboa-child-ver-1.0.0,audrey-ver-1.5,eltd-smooth-scroll,eltd-smooth-page-transitions,eltd-mimic-ajax,eltd-grid-1200,eltd-blog-installed,eltd-follow-portfolio-info,eltd-default-style,eltd-fade-push-text-right,eltd-header-standard,eltd-fixed-on-scroll,eltd-default-mobile-header,eltd-sticky-up-mobile-header,eltd-menu-item-first-level-bg-color,eltd-dropdown-default,eltd-light-header,eltd-fullscreen-search eltd-search-fade,eltd-side-menu-slide-from-right,eltd-woocommerce-columns-2,eltd-woo-small-space,eltd-woo-single-thumb-below-image,eltd-woo-single-has-pretty-photo,wpb-js-composer js-comp-ver-6.4.1,vc_responsive

Designers

Ivan Hunga Garcia

Designer

Ivan Hunga Garcia

Ver Bio
dAF9vUT4wHMsi8CcvzSw
Tal qual é simulado no título do projeto “O Último Prefixo”, o prefixo de algo será sempre percursor do sufixo de uma palavra e por consequência de outro capítulo. Em simultâneo, este jogo de antecedências e etapas força-nos a uma sensação permanente de presente. O que distorce, mas reconforta a narrativa de um mesmo formato “para todo o sempre”.
Esta cerimónia inserida numa instalação de três dias coloca em evidência o percurso físico das peças nomeadas como “vestuário botânico”. Na qual fica também reforçada a mutabilidade e regeneração de um novo corpo de vegetação.

Date

Setembro 24, 2022

Like