Buzina – ModaLisboa
19181
portfolio-item-template-default,single,single-portfolio-item,postid-19181,theme-audrey,eltd-core-1.1.1,woocommerce-no-js,et_monarch,designers,portfolio-item-buzina,modalisboa-child-ver-1.0.0,audrey-ver-1.5,eltd-smooth-scroll,eltd-smooth-page-transitions,eltd-mimic-ajax,eltd-grid-1200,eltd-blog-installed,eltd-follow-portfolio-info,eltd-default-style,eltd-fade-push-text-right,eltd-header-standard,eltd-fixed-on-scroll,eltd-default-mobile-header,eltd-sticky-up-mobile-header,eltd-menu-item-first-level-bg-color,eltd-dropdown-default,eltd-light-header,eltd-fullscreen-search eltd-search-fade,eltd-side-menu-slide-from-right,eltd-woocommerce-columns-2,eltd-woo-small-space,eltd-woo-single-thumb-below-image,eltd-woo-single-has-pretty-photo,wpb-js-composer js-comp-ver-6.4.1,vc_responsive

Designers

Buzina

Designer

Buzina

LAB
Ver Bio
AvCGhnEiUzOK6fM0bpw7

S4F3-PL4C3

Outubro de 2022. A terra tornou-se demasiado apertada para acolher os nossos sonhos, demasiado desordenada para acalmar os nossos medos, demasiado tudo quando a única coisa que queríamos era um minuto do dia a sós. O que era sólido dissolve-se no ar. A sanidade é frágil como uma bola de sabão. Vivemos um mix de ansiedade e possibilidades que é combustível numa viagem para uma galáxia que pode ser tão distante quanto nós mesmos. Houston, we have a problem – e a solução: ocupemos um lugar no espaço inabitado. Viajemos até uma localização sem nome, sem julgamento, sem gravidade(s). Orbitemos as nossas ideias em torno da nossa própria imaginação. Sejamos Valentina [Tereshkova] e refugiemo-nos no nosso metaverso mental. E depois quando quisermos, quando estivermos preparadas, aterremos os pés na terra, onde a Moda nos acolhe não pela sua função prática mas essencial: agasalhar as nossas necessidades. Humanas.

Date

Setembro 29, 2020

Like